Infográfico sobre as tendências do ecommerce para o Natal de 2015

infografico-e-commerce-natal-2015
Tendências das lojas virtuais do Brasil e do Mundo para o Natal de 2015

É muito importante estar antenado para as tendências das lojas virtuais, saber qual é o esperado no Brasil e no mundo.

E não é tarde para planejar a sua loja virtual para 2016 também, conheça o Gerente de Loja Virtual e saiba como.

Anúncios

A Importância do Blog Para o E-commerce | Agência Mestre

Montar uma loja virtual não é tão difícil, existem diversas ferramentas e plataformas boas disponíveis, tanto de código aberto quanto as alugadas. Também há uma série de meios de pagamento com diferentes opções. Existem diversos recursos para frete e marketing digital.

Mas fazer as escolhas e saber como relacionar tudo para uma loja virtual de sucesso, voltada para o seu público alvo e bem administrada é um desafio.

Aliar a estratégia de marketing de conteúdo, identidade visual, captura de leads com uma loja virtual é um desafio que pode gerar muitos resultados. Confira essas dicas do Fábio Ricota.

O e-commerce é um canal voltado em vendas, dando ao seu público a oportunidade de fazer uma transação de uma maneira rápida e prática. Já o blog tem como objetivo transmitir conhecimento, gerar empatia e, com isso, gerar comentários e reações. Mas como essas duas potências se juntam para gerar mais negócios?

Como você já deve saber, em Inbound Marketing existe uma pirâmide separada em três partes: ToFu, MoFu e Bofu, que são, respectivamente, topo, meio e fundo de funil. Lá no topo de funil é onde fica a atração, ou seja, é o momento em que você leva uma pessoa a conhecer a sua marca e se atrair pelo material que você tem. Para isso, é necessário ter um bom conteúdo e oferecer informações que levarão pessoas comuns a se tornarem possíveis compradores, e é nessa etapa que os blogs entram, uma vez que eles são responsáveis por conectar o público à sua empresa.

Como ter um blog mais efetivo?

Ter um blog integrado ao seu e-commerce, como já vimos, te dá a oportunidade de atrair a atenção de seu público e gerar novas vendas, mas para isso é necessário que você tenha uma estratégia de SEO com Inbound Marketing para saber qual a persona de seu e-commerce e qual é o conteúdo mais adequado para ela em cada momento específico. Além disso, existem pontos importantes para aplicar ao seu blog:

  • Faça um conteúdo pensando na pessoa que provavelmente vai comprar de você sem ter uma abordagem agressiva. Por exemplo, se você vende geladeiras, ofereça conteúdos que mostrem ao seu público como escolher o modelo ideal, ou até mesmo dar dicas de decoração para a cozinha.
  • Tenha caixas de captura de e-mail em seu blog. Com elas, você conseguirá gerar leads e saberá fazer a nutrição dos mesmos a partir dos assuntos que eles se interessam.
  • Integre o blog ao seu e-commerce. Busque colocar na página do conteúdo fotos e links para seus produtos, mostrando-os não de maneira intrusiva e sim como opções de compras que estejam ligadas ao que seu público esteja lendo.

Busque deixar o blog dentro de sua loja virtual ou em um subdomínio, pois quando você deixa em um domínio separado o Google irá entender que se tratam de dois sites diferentes e não dará tanta autoridade ao seu domínio principal.

Fonte: A Importância do Blog Para o E-commerce | Agência Mestre

 

Gerente de ecommerce

Buscando uma solução completa para criar e administrar a sua loja virtual? Conheça o serviço completo acessando o Gerente de loja virtual.

Facebook para empresas: 3 dicas para administrar a página com sucesso

O Facebook é um grande espaço para conversa, onde as pessoas encontram outras pessoas, conversam, compartilham, buscam novidades e debates. A cada atualização, uma das prioridades da rede social é focar no que mais interessa a seus usuários, que é conversar com seus amigos.

Nesse grande espaço de conversa, as empresas podem e querem participar, mas precisam estar dispostas a conversar, ou seja, falar e escutar as respostas (não só os elogios). Mas conversar em base ao que? Em base aos temas e conteúdos que ligam o trabalho e atuação da empresa com os interesses, paixões, sonhos, objetivos dos seu público, seus clientes em potencial.

Com algumas dicas valiosas de comunicação em redes sociais, Camila Porto oferece três dicas para páginas de empresas no Facebook nesta entrevista à Revista PEGN:


3 dicas para administrar a página da sua empresa no Facebook

A especialista Camila Porto é autora do livro “Facebook Marketing: como gerar negócios na maior rede social do mundo” (Foto: Divulgação)
Para a especialista em marketing digital, Camila Porto, de 27 anos, uma das principais dificuldades de quem começa uma página de empresa no Facebook é saber exatamente que tipo de conteúdo postar.

“Algumas pessoas acham que só devem postar coisas sobre o produto ou serviço que estão oferecendo. Outras acham que só é válido postar um conteúdo muito produzido e elaborado.” A verdade, diz, é que existem muitos mitos em relação às redes sociais.

Autora do livro “Facebook Marketing: como gerar negócios na maior rede social do mundo”, Camila leciona cursos online sobre a rede social desde 2012. De lá para cá, mais de cinco mil alunos já receberam instruções da especialista sobre como atuar na plataforma. “No último ano, recebemos cerca de 250 novos alunos por mês”, diz.

Foi ao longo desse tempo que ela notou que muitas pessoas acabam criando uma impressão errada sobre o que é o Facebook e como a plataforma funciona. “Muita gente não entende que o Facebook é sobre relacionamentos. Não adianta sair vendendo e postando o que você quer. É preciso construir uma relação com aqueles que estão na página.”

A seguir, a especialista enumerou algumas dicas sobre como administrar a página de um negócio no Facebook:

Siga a regra do 8/2 – e não seja óbvio

A cada 10 posts na rede social, oito devem ser sobre conteúdos relacionados ao negócio. Apenas dois devem ser sobre o produto ou serviço oferecido pela empresa. “As publicações sobre conteúdo não precisam ser tão óbvias. Se você tem uma academia, por exemplo, não adianta postar que exercício físico faz bem para a saúde. Quem já curte a sua página, sabe disso”, afirma. Em vez disso, a especialista sugere postar informações mais específicas e que sejam interessantes para quem está na página. “Se você conhece muito bem a área que atua, procure aquilo que te deixa surpreso ou que você acha interessante. Você pode ser o seu próprio ‘funil’ do que postar ou não.”

Trabalhe para “matar objeções”

A pessoa que não consome o que você oferece muitas vezes tem uma objeção em relação a seu produto. “Por exemplo, muita gente não gosta de alimentos naturais porque são caros ou porque são ruins.” Uma boa ideia, então, é aproveitar os posts para descontruir os mitos. “Você explica para o sujeito porque ele está errado. Muitas vezes, ele nunca pensou direito sobre o assunto e, quando você traz argumentos, ele se torna um cliente.”

Tudo é conteúdo

Ter uma boa página no Facebook não significa gastar dinheiro com a produção de conteúdos para serem postados. “Grave uma dica para o seu cliente, tire uma foto dos novos produtos que chegaram no estoque”, diz Camila. “É interessante mostrar algum bastidor da empresa para o consumidor, mostrar a cara do dono. Isso tudo torna a empresa mais próxima do internauta, gera uma conexão.”


 

 

Criando um Projeto Editorial: Conhecendo melhor sua Audiência

Conhecer o seu público, os seus leitores, os seus clientes, é algo fundamental para qualquer empreendimento. As diferentes mídias digitais, sejam sites, blogs, lojas virtuais, redes sociais, permitem que esse entendimento não seja fruto de apenas uma percepção subjetiva ou de relatos esparsos, nem da contratação de pesquisas caras, mas sim com diversas ferramentas pagas e gratuitas com esse fim, desde que usadas de forma planejada e estratégica.

Confira as excelentes dicas do Edney sobre como conhecer melhor o seu público. Ele vai por vários caminhos:

Conhecer as palavras chave das pesquisas do Google, lembrando que o seu site deve ser otimizado para pesquisas bem como ser adaptado para smartphones e tablets.

Conhecer sites relacionados é uma forma muito interessante de conhecer mais os seus clientes. Isso pode se aplicar ao seu site ou também, a sites de concorrentes e especialmente aos sites de temas que interessam ao seu público. Parcerias de anúncios, publicações patrocinadas e afins podem ser pensadas com essa pesquisa.

Por fim, redes sociais são um excelente caminho. Twitter e Facebook apresentam ferramentas para análise de público muito interessante, mas que requerem certa habilidade.

Confira!

WordPress.com em Português (Brasil)

Conquistar audiência na internet é cada vez mais difícil, todos os dias temos novas pessoas e empresas lançando blogs, sites, videologs e páginas.

Produzir um bom conteúdo sempre foi um diferencial competitivo importante e tem se tornado cada vez mais um fator decisivo para trazer mais visitantes.

Para te ajudar nessa jornada, vamos iniciar uma série de posts ensinando a montar um Projeto Editorial. O Projeto Editorial é um planejamento de conteúdo, através dele você vai conhecer melhor sua audiência, definir a melhor maneira de se comunicar com seus leitores, divulgar melhor o seu conteúdo e se relacionar com outros produtores de conteúdo.

Nesse primeiro post vamos falar sobre Análise de Público Alvo. Abaixo seguem algumas dicas de como conhecer melhor seus leitores atuais e como descobrir hábitos e preferências do público que você quer conquistar.

Planejador de Palavras Chaves do Google AdWords

Google Adwords é o produto do Google…

Ver o post original 1.237 mais palavras

6 Ferramentas gratuitas para monitorar seu site ou blog

Ótimo artigo do Edney!

WordPress.com em Português (Brasil)

Acompanhar a repercussão do que você escreve não é apenas uma forma digital de egocentrismo. Medir quanto impacto cada conteúdo produz e observar as reações da sua audiência vai lhe ajudar a planejar melhor seus textos.

Para quem usa o site como divulgação da sua marca é importante saber como sua empresa está repercutindo na internet, além disso ler as reações do seu público  vai te ensinar muito sobre seus interesses e ajudá-lo a melhorar a comunicação dos seus produtos e serviços.

Share Tally

ShareTally

O Share Tally te mostra quantas vezes seu post foi compartilhado em diversas redes sociais (como Facebook, Twitter, Pinterest, Google+ e Linkedin entre outras) e ferramentas de leitura como o Pocket. Em algumas dessas redes ele exibe um link onde você pode clicar para ver os compartilhamentos em detalhe.

Não se impressione com a quantidade de compartilhamentos, quando uma empresa enfrenta uma crise, ou uma…

Ver o post original 570 mais palavras